23 janeiro 2009

semana das águas

e eu me desmilinguindo por dentro com dores f'rívolas
acreditando que tenho a maior dor do mundo, justificando a
falta do sorriso e do abraço mais abertado.
Quanta pretensão, costureirinha das palavras! Vá ver o mar
e se entregar
na areia mais fininha da Bahia.

Porque a gente tem jeitos diferentes de estragar as coisas, já dizia Marlicota.

Nenhum comentário: