02 novembro 2009

daqui a alguns minutos Chicó complentará 5 anos. Há cinco anos minha vida mudou incrivelmente. Há cinco anos durmo pouco, saio pouco, leio pouco,tenho mais vontade de ficar em casa, trabalho muito, meus interesses literários migraram de Clarice, para educação no primeiro setênio, alimentos orgânicos, vida sustentável. A casa se expandiu e subiu às montanhas, ganhou asas e foi parar perto das árvores, entoa mais jazz, beatles, e yellow submarine se tornou a música predileta para despertar os sábados preguiçosos, e mamãe se tornou a palavra mais doce do mundo. Meus olhos ficaram mais atentos, o ouvido mais esperto e coração gordo.

Já é madrugada, filho, e hoje você custou a dormir. Te ninei com minha canção predileta. Eu, por aqui, estou entre minhas palavras e os preparativos para sua festa amanhã. Escuto baixinho, arnaldo antunes. Vai demorar até eu terminar uns minos que inventei para enfeitar os copos, fazer a lista das compras que levarei ao supermercado, lavar a louça e esperar o sono chegar. É que pra mim o sono sempre demora a chegar, não que eu queira, me rendo inteiramete a ele, mas ultimamente tenho sido assaltada por uma insônia que insiste em fazer morada. É que lá no fundo o que eu quero mesmo é ser ninada com uma canção predileta de alguém.

É que eu tô precisando de uma noite daquelas onde os abraços duram até o amanhecer.

Amanhã será um dia lindo. E fico mais bonita e feliz no seu aniversário. É tão bom te ter em minha vida Chicó, hoje e para todo o sempre.

Nenhum comentário: